A tecnologia em benefício de um novo trabalho

A tecnologia em beneficio de um novo trabalho www.aquitemtrabalho.com.br

Já sabemos que a pandemia do novo coronavírus vivenciada por todos nós gerou uma crise e acentuou o número do desemprego e fechamento de empresas.

 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os desempregados no primeiro trimestre de 2020 somam 12, 9 milhões.

E sabemos também que muitos já começaram a se movimentar para voltarem ao mercado atuando principalmente no conceito de home office. Mas como conseguir aliar a tecnologia em benefício de um novo posicionamento no mercado? Confira as sugestões abaixo:

*Construa um currículo profissional:

A gestora de Recursos Humanos, consultora de RH e especialista em Gestão de Pessoas, Caroline Cabral Valente elaborou um e-book gratuito com dicas práticas de como elaborar um currículo de excelência. Segundo ela, o número de currículos recebidos por um recrutador é inacreditável. Por isso, é necessário que seu currículo seja bem formulado, ou seja, tenha informações atualizadas, principalmente as de formação acadêmica, endereço e experiências profissionais. Tenha a consciência do perfil da vaga e seja o mais assertivo (a) possível. Lembre-se sempre de que menos é mais.

*Informações relevantes:

Para a gestora é interessante colocar no currículo os cursos profissionalizantes mais recentes. Os de idiomas e informática geram valor ao que o recrutador irá observar e colocar como peso na avaliação do currículo. Sabe o objetivo profissional? Então! Nada de cometer o excesso de colocar outras informações, a não ser exclusivamente o cargo pretendido. Tenha um e-mail formal caso o recrutador entre em contato para agendamento de entrevistas online ou para detalhamentos da vaga e aplicação de testes.

*Tenha um perfil no LinkedIn:

Com a pandemia, existe um aumento no uso da internet e nada melhor que colocar a tecnologia, para os que têm acesso a seu favor. É necessário ter um perfil no LinkedIn com informações assertivas para que cheguem aos recrutadores. O revisor de currículos e LinkedIn, Carlos Rodrigues de Souza poderá te auxiliar com a rede social que tem o objetivo de focar nos relacionamentos profissionais.

*A busca pelo emprego no digital:

Antes, a busca pelo emprego seguia uma rotina: comprar o jornal e se atentar aos anúncios nas páginas dos classificados. Ela continua válida e pode até ser encontrada nos portais dos jornais impressos. Mas existem outras formas como: indicação do empregador do trabalho anterior, carta de recomendação via e-mail, páginas nas redes sociais que apresentam vagas, grupos de whatsApp ou nas redes sociais de empregos, sites de vagas (alguns possuem até cobrança para os assinantes verem as melhores anunciadas), agências de empregos, aplicativos, através de interação com as marcas e empresas no LinkedIn e no guia do “Trabalhe Conosco” presente nos portais das empresas.

By:

Caroline Santana www.aquitemtrabalho.com.br

Caroline Santana é Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing e colaboradora do portal Na Pauta Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *