AUXÍLIO EMERGENCIAL: SAIBA SE VOCÊ AINDA TEM DIREITO EM 2021

AUXILIO EMERGENCIAL SAIBA SE VOCE AINDA TEM DIREITO EM 2021 www.aquitemtrabalho.com.br

AUXÍLIO EMERGENCIAL: SAIBA SE VOCÊ AINDA TEM DIREITO EM 2021.

Junho teve 1,1 milhão de cortes no auxílio emergencial; consulte seu benefício

Cortes do auxílio emergencial no mês de junho representam metade dos cancelamentos no ano de 2021.

Confira se seu benefício foi excluído.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o mês de junho teve mais de 1,1 milhão de cortes no auxílio emergencial.

Os cancelamentos se devem a irregularidades, fraudes ou beneficiários deixaram de cumprir os requisitos.

Do total, 660.744 foram bloqueados após relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) apontando irregularidades ou fraudes e 497.092 fazem parte da revisão mensal do Ministério da Cidadania.

Pente-fino sendo feito no auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania e outros órgãos do governo vem realizando um pente-fino no auxílio emergencial. Somente em 2021, 2 milhões de beneficiários foram excluídos.

Ou seja, o mês de junho foi o mais impactante do ano, representando cerca de metade dos cortes do auxílio emergencial.

Antes dos cancelamentos, o auxílio emergencial tinha cerca de 40 milhões de beneficiários.

Agora, os números sofreram uma grande queda já que somente 130 mil pessoas conseguiram sucesso com a contestação.

Ainda não foi informado o número atual de pessoas habilitadas para receberem os repasses.

Recentemente, houve o anúncio da prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses.

Os pagamentos continuarão sendo feitos pela Caixa Econômica Federal nas contas sociais digitais.

A movimentação do dinheiro poderá ser feita pelo Caixa Tem, como já vem sendo feita.

Ainda foi anunciado que os valores permanecem os mesmos: R$ 375 para mães de famílias monoparentais, R$ 150 para quem mora sozinho e serão repassados R$ 250 para os demais casos previstos em lei.

Como consultar se o auxílio emergencial foi cancelado?

Para saber se o auxílio emergencial foi cortado pelo governo e ainda fazer a contestação, siga os passos abaixo:

  • Entre no site de consulta do auxílio emergencial;
  • Faça o login com os seus dados;
  • Uma nova página será aberta. Se o auxílio estiver negado, irá aparecer a palavra “inelegível” e a explicação do governo;
  • Se você entende que o corte for indevido, clique em “solicitar contestação”;
  • Confirme a sua intenção.

Pronto. Uma análise será feita pelo governo federal.

O prazo para contestar é de até 10 dias úteis a partir da data de corte.

Como informado, os cortes no auxílio emergencial se tornaram mais frequentes e tendência é que continue sendo feito até o final dos pagamentos, previsto para outubro de 2021.

FONTE: Notícias Online

Postado por: https://aquitemtrabalho.com.br

Curta nossa página no Facebook – https://www.facebook.com/aquitemtrabalhosempre

Inscreva-se no Canal: AQUI TEM TRABALHO